Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 17 de maio por leandro

Tags:, , ,

Hora do rush das bikes na Holanda

Bicicletas nas ruas da Holanda

Já imaginou como seria a hora do rush em Utrecht, quarta maior cidade da Holanda, onde 33% dos deslocamentos são feitos de bicicleta?

O vídeo abaixo foi gravado em abril desde ano, por volta das 8h30 da manhã. Oito minutos de tráfego foram comprimidos em dois minutos de vídeo, então tudo é quatro vezes mais rápido do que na realidade.

A cidade de Utrecht tem uma população de 300 mil pessoas. Na esquina que aparece no vídeo, passam cerca de 18 mil bicicletas e 2.500 ônibus por dia!

Será que um dia veremos alguma cidade brasileira com esse mesmo nível de aceitação das bikes? Esperamos que sim!

A dica do vídeo veio do Twitter da Bruna G.


Comentário

  • [...] This post was mentioned on Twitter by Gabriel Ramalho. Gabriel Ramalho said: Fascinante: http://bit.ly/d4KmgW | A hora do rush numa cidade onde 33% dos deslocamentos é feito de bicicleta. [...]

    Tweets that mention Fascinante: | A hora do rush numa cidade onde 33% dos deslocamentos é feito de bicicleta. — Topsy.com topsy.com/trackback?utm_source=pingback&utm_campaign=L1&url=euvoudebike.com/2010/05/hora-do-rush-das-bikes-na-holanda
  • [...] o vídeo da hora do rush das bikes na Holanda que publicamos na última semana fez tanto sucesso por aqui, nada melhor do que começar esta [...]

    Eu Vou de Bike » Copenhague, a cidade dos ciclistas euvoudebike.com/2010/05/copenhague-a-cidade-dos-ciclistas
  • [...] mostramos aqui alguns vídeos de Copenhague e Utrecht, cidades europeias que têm grande respeito aos ciclistas e muitas políticas públicas de apoio a [...]

    Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » Um passeio pelas ruas de Toronto euvoudebike.com/2010/06/um-passeio-pelas-ruas-de-toronto
  • Aos 1:05 um maluk sobe pela calçada.

    Pode, Arnaldo? rs

    Bruno Lemes twitter.com/brunoruder
  • tudo stressado…veja como correm feito loucos…imagina no Rio, av. Brasil, ou uma beira-mar qualquer…ia ter é muita porrada..neguinho caindo e neguinho passando por cima….sinistro.

    JOCKA nofimdomundo.com.br
  • Essa moda acho q nao pegaria em todo o brasil mas em alguns lugares pode ate ser mas tipo na minha cidade ja mais pois tem muito moros e lobadas pro pessoal subir sem fala q os locais onde quase todo trabalha sempre tem um belo de um moro pro pessoal subir onde eu moro o transito ta ficando muito pessado com muitos carros para pouca cidade.Em fim moro em guapore cujas e menos q caixias e doid lajeados.

    ted
  • De fato, a Holanda é um exemplo a ser seguido. Acabei de voltar de lá! Disponibilizei alguns vídeos da viagem no meu blog!!

    Lucas Pavel movebike.blogspot.com
  • A cidade de onde eu venho, Governador Valadares, tem quase 300 mil habitantes e é famosa pela quantidade de bikes. É cheia de ciclovias e as bicicletas quase engarrafam mais que os carros (apesar desse enorme número de bicicletas estar diminuindo). A questão é que os ciclistas são odiados por lá também, por “atrapalharem” o trânsito. Falta educação tanto por parte dos motoristas quanto dos ciclistas, só assim é que chegaríamos a um nível de cidade “bike friendly”, né!

    Racquel
  • Eu acredito que, se o transporte de bike tivesse o apoio das políticas públicas, o nosso país seria outro. Teríamos menos hipertensos, menos diabéticos, menos obesos e menos pessoas sedentárias. Mas para isso teríamos que ter mais ciclovias nas cidades onde o tráfego com esse tipo de transporte fosse viável e pudesse também o usuário ter o apoio dos governantes municipais e estaduais. A minha cidade por exemplo, tem poucas lombadas viabilizando a bike como meio de transporte. Aqui a passagem de ônibus é um absurdo. Para trafegarmos uma distância de 1 km, ou seja, 100 metros temos que desembolsar 1,90 reais é um verdadeiro assalto. Eu não pago, pois acho um absurdo, minha cidade é muito pequena e só tem uma empresa de transporte coletivo e uma população de 109.000 habitantes. Por isso que eu vou de bike!

    Luzimar drenfermeiraluzimardamasceno.blogspot.com
  • Nossa, muito legal o vídeo!
    Gostaria de ter a experiência de morar numa cidade assim algum dia.
    Na minha cidade é uma grande batalha para conseguir usar a bike como meio de transporte, falta educação e um pouco mais de tolerância às bicicletas.

    Rorigo Langeani espiritooutdoor.com
  • putz meu,nada a ver com os congestionamentos de carros aqui do Brasil,principalmente os de São Paulo,aqui hora do rush é media de 130 km pra cima de congestionamento,e lá com as bicicletas em momento nenhum chegou a congestionar,o q acontece é varias bikes pararem no sinal,mas quando abre o sinal logo elas voltam andar de boa,sempre fluindo,no Brasil, e mais especificamente em São paulo sempre parados(eu ñ,pq eu vou de bike rs!)

    fernando sampaio
  • [...] dos posts mais vistos nos quase dois anos (!!) de história do Eu Vou de Bike é o que mostra o horário de rush em Utrecht, quarta maior cidade da Holanda, onde 33% dos deslocamentos são feitos de [...]

    Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » Holandeses já pedalavam muito em 1900 euvoudebike.com/2012/01/holandeses-ja-pedalavam-muito-em-1900
  • Aqui no Brasil a população acha que quem usa bike é porque não têm dinheiro pra comprar carro……….rsrsrsrs…..veja como estamos distantes do 1º mundo!
    me recriminam por usar bike……..mas não recrimino quem compra um carro popular em 1.000 prestações pra ficar engarrafado…..rsrsrsrs

    markus

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: