Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 27 de abril por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Ciclofaixa [de lazer] de São Paulo terá mais 14 km

E a Ciclofaixa de Laze de São Paulo não para de crescer! Um novo trecho de seu percurso deve ser inaugurado até maio, com mais 14 quilômetros (sete para ir e sete para voltar) para a apreciação dos ciclistas de fim de semana.

De acordo com reportagem da Agência Estado, o novo trecho sairá do Parque do Povo, na região do Itaim, e seguirá para a zona sul passando pela Avenida Chedid Jafet, Rua Funchal, Avenida Eng. Luís Carlos Berrini e Avenida Jornalista Roberto Marinho (a antiga Águas Espraiadas).

Atualmente, a Ciclofaixa possui 30 quilômetros de percurso e liga o parque das Bicicletas, na região da Avenida República do Líbano, ao Ibirapuera, ao parque do Povo e ao parque Villa-Lobos. O primeiro trecho da ciclofaixa foi inaugurado em agosto de 2009 e o segundo em janeiro deste ano.

Com a nova ampliação, a rota fica mais ou menos assim:


View Ciclofaixa de Lazer de SP in a larger map

Como o nome mesmo já diz, a Ciclofaixa de Lazer de São Paulo é apenas para o lazer e funciona somente aos domingos (e logo mais nos feriados). É óbvio que nós gostariámos que este percurso não estivesse diponível somente aos domingos. Mas, para nós que defendemos a adoção da bicicleta como meio de transporte, temos que concordar que esta é uma conquista muito grande para a comunidade dos ciclistas.

Quem sabe, em um futuro próximo, as autoridades comecem a pensar em transformar essa ciclofaixa apenas aos domingos em uma ciclofaixa permanente, aproveitando que praticamente toda a região sofre com problemas de trânsito, tem muitos escritórios e universidades, o que poderia incentivar demais o uso da bike para deslocamentos no lugar dos carros.

É como um amigo arquiteto que pedalava conosco um dia desses observou: “ao pedalar por São Paulo desta maneira, sinto que é como que a cidade fosse realmente entregue ao cidadão, sensação rara da gente ter por aqui”.


Comentário

  • Enquanto isso, na ciclovia do Pinheiros, os mesmos únicos 3 acessos e a expansão parada…

    Alex
  • Passei 3 semanas em Paris estudando francês e andei de bicicleta o tempo todo. Como é fácil se deslocar assim, além de não poluir dispensa-se a academia já que pedalar é um exercício forte, dependendo da duração e do terreno. Foi o máximo. Fiquei pensando em todos os locais onde o governo poderia implantar um sistema semelhante ao velib francês. Ao longo da av. Paulista, chegando até a Domingos de Morais. Ao longo da Av. Cupecê, Vicente Rao, Roque Petroni ligando Diadema à Marginal Pinheiros. Enfim, bastaria que se debruçassem sobre as possibilidades. A vida fica bem mais agradável quando não se pega trânsito.

    Fabiene

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: