Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 8 de dezembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Prefeitura incentiva bicicleta como meio de transporte

Os servidores públicos da cidade de Ladário, em Mato Grosso do Sul, vão poder usar o valor do auxílio transporte previsto em lei para comprar bicicletas. A proposta é ótima, uma vez que a cidade é pequena, não tem um sistema público de transportes eficiente e a distância média percorrida pelas pessoas é de cerca de 2 quilômetros.

O sindicato dos servidores públicos da cidade não gostou muito da ideia. “A lei federal dita uma norma para o auxílio transporte, onde será concedido em vale ou valor indenizatório, e não bicicleta”, disse o presidente da entidade. O prefeito José Antônio Assad e Faria diz que a ideia é que a bicicleta seja uma opção, e não uma obrigação para os servidores. Para quem não quiser ou não puder pedalar até o trabalho, haverá linhas de ônibus especial para o transporte dos trabalhadores.

De acordo com o prefeito, em entrevista à Globo, “para essa distância, a bicicleta é o transporte ideal. Estamos criando alternativas com base na experiência de outras cidades do porte equivalente à nossa, e isso faz parte de um programa maior de mobilidade urbana”.

Assista à reportagem abaixo e entenda um pouco mais sobre a proposta:


Comentário

  • Projeto maravilhoso, uma pena os sindicatos não entenderem que isso melhora muito a qualidade de vida dos servidores. Economiza o dinheiro público e diminui o custo de saúde publica, parabéns, cidade pequena porém olhar distante :D

    Leandro Aurélio leandro-aurelio.blogspot.com
  • Os servidores que vão à pé para o trabalho, e até hoje não gastavam com o transporte – utilizando o benefício para outros fins – devem estar pressionando o sindicato. Ou estou falando bobagem?

    André Pessoa
  • Sempre tem alguém do contra em relação a projetos do bem. Parabéns à cidade pela iniciativa. Aqui em Curitiba, “cidade ecológica”, tá chovendo playboy dirigindo feito retardados e carros em cima de calçadas, grama, ciclovias. Contudo o povo aqui “se acha”. Deveriam aprender com cidades menores, onde a bike é mais respeitada.

    Fabio
  • Tem que se colocar em questão as ruas e vias da cidade. Eu já tive várias quedas, mas soube cair… No caso da cidade não ter mais que 2 Km é espetacular , pois para eu ter que ir do Alvarenga (SBC-SP) até Sto André, leva no mínimo 7Km com muitas subidas e descidas e muitos carros no caminho. Entretanto deve-se ser visto o caso das pistas, as condições, pois não é só porque é um meio de transporte ideal, e sabemos disso, que as avenidas e ruas devem ser esquecidas… reclamo isso no meu municipio e façam o mesmo, reclamem no seu sobre as ruas , avenidas, passagens e vielas a terem tratamento.

    Mozart Faggi saxmozartfaggi.wordpress.com
  • Acho isso ridículo, péssima idéia desse prefeito José Antônio que até agora não honrou os votos de seus eleitores aqui da cidade Ladário-MS. A cidade está um caos, suja, imunda e mal administrada por esse que si diz a amar Ladário. Eu penso assim, não interessa a distância caso seja acima de 2 KM é lei federal e deve ser sim pago pelo prefeito, pois há servidores que moram em outro município a mais de 12 km de distância e esse prefeito quer dar bicicleta. Pra ele é fácil ele anda de carro importado inclusive com motorista que até aposentado da polícia militar e ganha mais de R$ 1.500,00 e o servidor necessitando de seu vale transporte esse merda quer dar bicicleta. Isso é bom para os servidores públicos aprenderem esse ano tem eleição aí pegam e votam nele.

    Rosa

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: