Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 19 de março por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Governo de SP estuda taxa para motoristas

O secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Bruno Covas, estuda a implantação de uma “ciclotaxa” no Estado, segundo reportagem do último fim de semana da Folha de S. Paulo.

De acordo com a Folha, a taxa seria aplicada aos donos de carros a gasolina, que são mais poluentes que etanol, e os recursos arrecadados seriam usados em programas de estímulo ao uso da bicicleta em São Paulo.

A taxa, com valor sugerido de R$ 15 a R$ 25 por ano, seria cobrada com o IPVA dos veículos a gasolina, que somam 4,2 milhões em todo o Estado de São Paulo, de acordo com a reportagem. Para ser sancionado pelo governador Geraldo Alckmin, o projeto ainda precisa ser discutido aprovado na Assembléia Legislativa.

O novo tributo pode ser uma boa notícia para o Estado de São Paulo. É muito importante incentivar o uso de outros meios de transporte, como ônibus, metrô e bicicleta, para que haja uma diminuição nos congestionamentos e também na poluição.

Só não gostamos muito do apelido de ‘ciclotaxa’. Apesar de a verba arrecada ser destinada para a infraestrutura de bicicletas, temos que pensar que os benefícios de uma cidade menos poluída e congestionada são para todos, e não apenas para os ciclistas. :)

Foto no Flickr do Rafael Taminato


Comentário

  • Duvido que passe kkkkkkk piada!

    Paulo Vigario
  • Eh uma vergonha querer cobrar mais impostos para implantacao de ciclovias. Pedalo 45 km todos os dias para ir e voltar do meu escritorio, e para isso o meu carro fica em casa. Agora, querer que os proprietarios de veiculos automotores banquem com mais uma taxa eh ridiculo. Se os impostos jah arrecados nao sao suficientes para isso, eh aprovar a incopetencia dos nossos politicos. Oque precisamos eh de melhor administracao do dinheiro publico, e uma politica de educacao no transito que valorize a VIDA humana e respeito ao proximo.

    Andre Yoo
  • Também acho um absurdo qualquer tipo de aumento de impostos. Já pagamos muito imposto e o retorno é muito baixo. Este tributo está me cheirando a CPMF que deveria ir para a saúde e não foi.
    É obrigação do governo do estado investir em transporte público de qualidade, como trens e metrô. E tem mais, este imposto iria aumentar a raiva dos motoristas com os ciclistas…

    Mario
  • Concordo com o Paulo Vigario, o lance não é criar mais um TAXA e sim saber usar o dinheiro das TAXAS que já são arrecadadas e que acabou indo parar no bolso dos corruptos que estão acabando com o nosso país!

    Olegario Neto
  • não concordo com o desejo insaciavel pelo dinehiro do povo. Sou totamente contra a cultura individualista intaurada no país. Nela cada cidadão abarrota o trânsito de qualquer cidade de médio para grande porte ao se locomover, sozinho, em seu belo carro. Mas daí a criar impostos… O que o país precisa é de exemplos, sobretudo de políticos, de menos corrupção e da devida aplicação de tudo o que já pagamos de impostos. O investimento em um transporte público-pago, que é o que temos, é um exemplo.

    Vaggner Luiz
  • Mais sensato seria vincular os impostos atuais a manutenção da malha, das calçadas e inclusive na implementação de ciclovias (como era antigamente). Como os impostos são desvinculados, eles podem ser usados em qualquer coisa. NAs atuais circunstâncias criar mais um imposto seria aumentar a arrecadação sem necessariamente destinar os recursos para as ciclovias, por mais que seja o objeto do PL. isso não iria melhorar as condições de tráfego para ciclistas e só aumentaria o desrespeito de motorizados para com ciclistas. Sou contra!

    Eduardo Dias bikecostelinha.wordpress.com
  • Essa taxa é desnecessária, pois o governo federal pretende desestimular o uso do carro priorizando a liberação de recursos para incentivo ao uso da bicicleta.

    Adilson
  • Eduardo, mas impostos não podem, mesmo, ser vinculados. As taxas são vinculadas e por isso seria viável fazer assim. Eu concordo que nossa carga tributária já seja alta o suficiente, mas se forem cobrar mais alguma coisa, acho melhor que seja nos termos dessa lei.

    Gabriel gmourao.blogspot.com

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: