Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 25 de outubro por gugamachado

Tags:

Podcast EuVoudeBike – Episódio #169

Podcast Eu Vou de Bike. A trilha sonora para o seu pedal.

Inscreva-se no Podcast Euvoudebike, ou receba:

Para se inscrever:

http://feeds.feedburner.com/EuVouDeBikePodcast

 

Ou:

 

.

 

EVDB # 169

No mês de setembro aconteceu em São Paulo o  1º Seminário da Frente Parlamentar em Defesa da Mobilidade Humana. Estamos postando os audios das palestras, para que vocês possam tomar conhecimento do que tem se discutido em termos de mobilidade humana e políticas públicas na cidade de São Paulo.

Encerrando, vamos ouvir a finalização das Palestras do Seminário.

Esta última mesa tratou sobre as Políticas de Fomento, Educação e Cultura da Bicicleta.

Além da infra estrutura urbana para o deslocamentos de bicicleta, é fundamental criar um imaginário positivo a respeito do tema. Quais são as ações estratégicas para estimular um ambiente inclusivo e que valorize o usuário de bicicleta? Como tem atuado a sociedade civil em São Paulo? E o poder público? Quais são as vitórias e desafios?

Com a moderação do vereador José Police Neto (em substituição ao vereador Ricardo Young), tivemos como expositores o Jaime Oliva, que é geógrafo e professor da USP, com doutorado Geografia Urbana baseado em pesquisa sobre a automobilização da metrópole de São Paulo.

Na sequência veio o João Lacerda, que é jornalista e conselheiro da Associação Transporte Ativo, onde trabalha para que mais pessoas, pedalem mais bicicletas mais vezes. Encerrando, tivemos a  Sabrina Duran, que é jornalista e escreve sobre bicicleta e mobilidade urbana no blog Na Bike, do Site ÉpocaSP.

Como já dissemos, para nós, este foi um momento histórico no sentido do comprometimento do poder público com melhores e mais eficazes políticas cicloviárias!

Vamos acompanhar!

Atenção: pedalar no trânsito com fones de ouvido é perigoso e deve ser evitado, mas em ciclovia reservada apenas para bicicletas, como a da Marginal Pinheiros em São Paulo ou a de Santos, por exemplo, pode ser bem estimulante, desde que o volume do audio não impeça a audição do meio ambiente.

 


Deixe seu comentário

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: