Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 29 de janeiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Bicicleta elétrica é uma boa opção?

Uma das novidades no mundo do ciclismo dos últimos anos é a bicicleta elétrica. Ganhando cada vez mais adeptos pelas ruas da cidade, a bicicleta motorizada agrada muita gente, mas também atrai críticas.


Exemplo de bicicleta elétrica. Existem vários modelos diferentes de biciclea motorizada

Com o objetivo de deixar o pedal mais suave para quem não tem tanto preparo físico, a bicicleta elétrica ajuda nos trajetos com muitas subidas e pode agilizar o transporte de pessoas ou mercadorias. Nos percursos planos, o motor pode fazer todo o trabalho para movimentar a bicicleta. Nas subidas, o ciclista pedala um pouco e é auxiliado pelo motor para chegar ao seu destino com menos esforço.

Com velocidades que chegam a cerca de 25 km/h, a autonomia da maioria das bicicletas elétricas pode chegar de 30 km a 40 km. Com poucas fabricantes no mercado nacional, uma bicicleta elétrica custa cerca de R$ 2 mil e as baterias são recarregáveis.

Apesar das vantagens, a bicicleta elétrica pode apresentar alguns problemas. O primeiro deles é o peso adicional colocado na garupa por conta da bateria e do motor. Alguns modelos de bicicleta motorizada chegam a pesar 40 quilos! Quando acaba a bateria, o ciclista é obrigado a pedalar como se fosse uma bike normal, o que dificulta bastante.

Além disso, não fica muito claro como a a bicicleta motorizada se enquadra no Código de Trânsito Brasileiro por causa da existência do motor elétrico. Na cidade de Timbó (SC), por exemplo, a Polícia Militar acredita que os condutores de uma bicicleta motorizada devem possuir a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), segundo reportagem do Diário Catarinense.

Mas a maior crítica à bicicleta elétrica é mesmo o incentivo ao sedentarismo. Um dos maiores prazeres de usar a bicicleta como meio de transporte ou como instrumento de lazer é exercitar o corpo, superar limites, ganhar condicionamento físico e, de uma forma geral, melhorar a saúde. Com a bicicleta motorizada, a “essência” da bike é deixada de lado.

Os jornalistas da revista Galileu testaram um modelo de bicicleta motorizada e não gostaram muito da performance. Assista ao vídeo.

E você? O que acha da bicicleta elétrica? Uma modalidade que vai se espalhar cada vez mais ou um modelo que vai ficar restrito a alguns nichos? Você já usa uma bicicleta motorizada? Conte suas experiências aqui nos comentários!


Comentário

  • Amigos moro em um condomínio em Minas com muitas subidas a bike elétrica apesar de cara foi a opção que encontrei porém logo me decepcionei pelo alto custo da bateria que não tem nem um décimo da performance propagandeada, e dura pouquíssimo apesar de ser de litio conclui que o alto custo dela compensa ir de carro carregando a bike até em um lugar plano para andar. O custo da bateria é quase igual ao da gasolina! UM ABSURDO DE PROPAGANDA ENGANOSA!

    Rodrigo Nascimento
  • Adorei essa dica da bicicleta elétrica. Eu mesmo pedalo todos os dias e seria muito útil uma bike dessa para eu poder ir para o trabaçho.

    Carlos acertandonalotofacil.com
  • Com certeza é uma boa idéia!

    O problema é o custo das bikes elétricas, ainda muito alto em nosso país!

    Bjs

    Ana Dias

    TCC comofazerumtcc.net.br
  • Com certeza ajudaria muito em vários momentos, mas não deixaria de dar uma pedaladas.

    Lucas Monteiro personaltrainerrecife.com
  • Oi,

    Testei 1 bicicleta electrica e não gostei de 2 coisas…
    1- o sensor de pedal PAS acelera sempre a bicileta ate a velocidade maxima do nivel seleccionado…mesmo que pedalemos devagar….ou rapido…acelera sempre até 25kmh no modo rapido….
    2- O acelerador de punho não acelera tanto como o PAS, só da uns 15kmh…independentemente do modo de velocidade…

    Alguem sabe se são todas assim?

    Obrigado pessoal.
    NT

    Nelson T
  • Eu tenho uma bicicleta elétrica Woie e ela tem me ajudado muito no meu dia-a-dia. Ao contrário do que muitos pensam, a bike elétrica não é bike de preguiçoso. Eu utilizo ela para quase tudo que eu faço, ir ao mercado, fazer compras, visitar parentes e principalmente para ir e vir do trabalho. Hoje a minha gasta apenas R$ 0,18 por recarga e tem uma autonomia de 25km, ou seja, menos de R$ 0,01 por km rodado. É muita economia e o melhor de tudo é que não chego suada nos destinos. Eu amo pedalar, pratico mtb, mas nas minha rotina diária, a bicicleta elétrica é a melhor opção. Não pego trânsito, não preciso esperar para estacionar, ganho tempo e faço tudo sem suar.
    Acredito que cada vez mais a bicicleta irá entrar na rotina das pessoas, seja de pedal ou seja elétrica, ela vai ajudar a resolver muitos problemas no mundo e vai da consciência de cada um, respeitar o uso, afinal, somos todos ciclistas.
    A minha bicicleta elétrica possui sistema de pedal assistido, ou seja, também posso pedalar ela quando quiser.
    De todas as que testei hoje, a que eu mais gostei foi a Woie. Ela é toda de alumínio, mais leve que as demais, é a única fabricada no Brasil e com certificação Inmetro e ainda possui todas as peças de reposição disponíveis no site para comprar. http://woie.com.br/
    https://www.woie.com.br/pecas-bicicleta-eletrica-woie.html
    Utilizo já há dois anos e nunca me incomodei.

    Eu utilizo e defendo a causa, por um mundo melhor!

    Bianca
  • gostaria de saber se é preciso CNH

    adão carlos

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: