Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 23 de fevereiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Como trocar o pneu furado da bicicleta

Imagine que você está pedalando e seu pneu fura no meio do passeio. Que tristeza, não? Infelizmente esta é uma emergência mecânica muito mais comum do que a gente imagina. Dificilmente quem pedala nunca foi vítima do famigerado pneu furado.

Neste tutorial explicaremos como trocar a câmara enchendo-a tanto com a bomba de ar convencional como com a bomba de CO2, simulando o problema tanto na roda dianteira (mais simples), quanto na traseira (normalmente mais complicada, principalmente se sua bicicleta tiver transmissão). No próximo tutorial ensinaremos como fazer um reparo (remendo) na câmara.

Para que você não seja pego de surpresa com um imprevisto deste tipo, o ideal é sair de casa com um kit de reparação, que pode variar um pouco conforme as necessidades e o trajeto a ser percorrido. Se for um passeio rápido pela cidade, o kit é mais simples. Se for uma longa cicloviagem, o ideal é ter um kit mais completo.

Um kit de reparos de pneus é composto por:

- Canivete de ferramentas para bicicleta multifunção, facilmente encontrado nas bikeshops e grandes magazines de esporte*;
- Bomba de ar para bicicleta**;
- Kit de reparo de câmara;
- Câmara de ar reserva;
- Bomba de CO2;
- Adaptador de válvula presta (mais fina, presente nas bicicletas mais especializadas) ou schrader (a mais comum, igual aos automóveis)***;
- espátula para remoção da câmara****.

* Não é necessário para o conserto do pneu. Porém, se for um canivete completo, ele pode conter as espátulas para a remoção da câmara (caso do utilizado em nosso tutorial). Além disto, este é um item indispensável para quaquer emergência mecânica;

** Hoje estes equipamentos são cada vez mais leves e portáteis, facilitando muito o transporte e manuseio;

*** Este adaptador se faz necessário caso sua bicicleta tenha uma válvula do tipo presta, porque as bombas localizadas em postos de gasolina estão preparadas para lidar somente com a válvula do tipo schrader;

**** Apenas se este item não estiver presente em seu canivete. Dê preferência para as espátulas feitas em plástico, pois as metálicas requerem muita habilidade no manuseio para não danificar os aros.


Exemplo de válvula do tipo “schrader”


Exemplo de válvula do tipo “presta”


Kit mais completo, capaz de realizar reparo ou substituição da câmara, tendo uma bomba dual, ou seja, funciona tanto como uma bomba convencional como uma bomba de CO2


Kit básico para substituição de câmara

Os kits acima prevêm duas situações: uma troca rápida ou um remendo na câmara. E a decisão sobre qual maneira realizar o conserto pode depender de vários fatores. Se seu pneu furou em um lugar perigoso e não há local seguro para o reparo, por exemplo, o ideal é optar pela troca da câmara, enchendo-a com uma bomba de CO2. Em uma competição, a opção é a mesma.

Mas se o seu pneu furar em um local seguro e você não tiver pressa para executar o reparo (o famoso “remendo”) na câmara, esta pode ser a opção mais em conta porque você vai continuar usando a mesma câmara. Porém, o ideal é sempre que possível trocar a câmara, mesmo que posteriormente, uma vez que a área remendada quase sempre terá mais facilidade de se romper futuramente.

O ideal também é que sua bicicleta tenha as blocagens das rodas do tipo “quick release” (soltagem rápida), que custam barato e facilitam na hora de sacar a roda. O “quick release” ajuda também se você transporta sua bicicleta dentro de um automóvel e precisa tirar a roda dianteira para fechar o porta-malas. Se sua bicicleta não possui este sistema de blocagens, é um investimento que vale muito a pena!


Sistema de blocagem “quick release”

Trocando a câmara da bicicleta

1-) Se sua bicicleta tiver marchas, é necessário trocá-las para a seguinte posição (principalmente se o furo ocorreu na roda traseira):

- coroa dianteira menor (marcha mais leve, menor)
- catraca traseira menor (marcha mais pesada, maior)

Fazemos isto para retirar a tensão sobre a corrente da bicicleta, o que facilita o manuseio da roda traseira.

2-) Depois devemos desarmar o freio da roda envolvida.

Neste tutorial, utilizamos um sistema de freios do tipo “v-brake”, mais comum de se encontrar. Se sua bicicleta tiver freios do tipo cantilever, o desarme é muito parecido. Se for freio a disco, o desarme varia conforme o sistema: mecânico (mais simples e comum), ou hidráulico (mais complicado de manusear). Se este for seu caso, deixe seus comentários no post que responderemos posteriormente.

3-) Sacar a roda, soltando a blocagem, tomando cuidado para não desalinhá-la. Para não desalinhar a roda, basta observar que o pneu deve estar posicionado bem no centro do garfo durante a operação posterior de travamento do “quick release” (ou blocagem). Ao montar novamente a roda, gire-a observando se esta flui normalmente. Se ela estiver “pegando no freio”, solte-a e repita a operação novamente, até não encontrar mais problemas.

4-) Desmontar o pneu com as espátulas apropriadas, conforme a sequência abaixo:

5-) Retirar a câmara afetada, examinando-a para ver onde ocorreu o furo. Examine também o pneu, interna e externamente. Tal exame é importantíssimo, na medida em que o agente causador do furo (ex.: pedaços de vidro) ainda pode estar alojado no pneu e certamente vai furar a novamente a câmara. Inicie a retirada da câmara pela válvula, conforme indicado abaixo:

6-) Pegue a câmara nova e encha-a ligeiramente, para que ela “molde” melhor no pneu ao ser colocada, evitando assim que a mesma fique dobrada no interior do pneu, o que causará a deformação do mesmo.

7-) Posicione a câmara no pneu conforme a foto abaixo:

8-) Inicie a inserção da câmara no interior do pneu, começando pela válvula:

9-) Você pode usar as espátulas para inserir a câmara

10-) Remonte o pneu no aro

11-) Encha o pneu, procurando respeitar a medida impressa na lateral do mesmo, conforme explicado neste post

12-) Finalize remontando a roda em sua posição original, lembrando de armar novamente o freio.

Veja no vídeo como a troca de câmara é feita:

Desmontando a roda traseira

1-) Se sua bicicleta tiver marchas, troque-as para a seguinte posição:

- coroa dianteira menor (marcha mais leve, menor)
- catraca traseira menor (marcha mais pesada, maior)

2-) Desarme o freio traseiro, solte a blocagem e “empurre” a roda para frente e para baixo, sacando-a do quadro conforme a sequência abaixo:

3-) Realize os procedimentos explicados sobre a troca de câmara acima

4-) Coloque a roda novamente, inserindo a corrente inicialmente na catraca menor, posicionando-a no quadro, conforme as fotos abaixo (aqui vale a mesma dica para as blocagens comentada acima no post, com relação a centralização da roda)

Veja no vídeo como desmontar a roda traseira:

É isto! Esperamos que vocês tenham que executar estes procedimentos o mínimo possível! Na próxima semana, ensinaremos como reparar uma câmara.

Bicicleta usada no tutorial: Houston Mercury HT
Oficina: Biketime
Mecânico: José Maria


Comentário

  • [...] This post was mentioned on Twitter by Andreas., euvoudebike.com. euvoudebike.com said: Você já teve algum pneu furado no meio de um trajeto? A prenda como lidar com isto em http://bit.ly/dA5Kns [...]

    Tweets that mention Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » Como trocar o pneu furado da bicicleta — Topsy.com topsy.com/www.euvoudebike.com/2010/08/como-trocar-o-pneu-furado-da-bicicleta/?utm_source=pingback&utm_campaign=L2
  • Parabéns, belíssimo guia. Porém eu recomendo a todos fazer um pequeno investimento e colocar uma fita adesiva protetora entre o pneu e a camera. Ae acabaram os problemas, nunca mais vai furar. Abs.

    Paz, amor e bicicleta.

    Andre Luiz de Almeida ciclistaurbanocwb.wordpress.com
  • Oi, André. Obrigado por seu comentário e por sua sugestão! Mas mesmo com esta fita muitas vezes podemos ter furos na lateral do pneu, coisa que ela não protege…Mas, como o pessoal diz, fica a dica!
    Aliás, atualmente temos até sistemas de vedação líquidos, utilizados em conjuntos com pneus sem camara, já pensou?
    abs!

    gugamachado
  • guia perfeito!
    o próximo tem q ser um guia sobre remendos!

    gustavo lima
  • É isto mesmo, Gustavo. No post já sinalizamos para isto. Aguarde o próximo post técnico!
    abs!

    gugamachado
  • Este tipo de conteúdo é muito útil pra quem está começando! Já indiquei o link para alguns amigos.

    Fábio Caparica de Luna fabiocaparica.com
  • [...] no Eu Vou de Bike, um post que vale destaque nesta semana é o tutorial com fotos e vídeos que fizemos para ensinar [...]

    Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » A semana das bicicletas nos blogs euvoudebike.com/2010/08/a-semana-das-bicicletas-nos-blogs-8
  • Bem interessante o post mesmo! já tive que trocar câmaras e tive que aprender meio que na raça e no improviso, agora q sei um pouco melhor não fura pneu hahah

    Então, se possível, queria umas dicas básicas sobre a questão dos freios a disco mecânico e hidráulico, pq na verdade quero pegar uma bike nova e já li em uns lugares que é difícil mexer nesses sistemas, se tiver que abrir pra trocar câmara tem que tomar cuidado com as pastilhas e tudo, é tão complicado assim mesmo? Ou é possível fazer isso sozinho em casa ou numa emergência em trilha?

    Valeu, abraços e parabéns pelo blog!

    Marcelo Iha
  • [...] Para saber como retirar a roda envolvida, chegando até a câmara, leia nosso post anterior. [...]

    Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » Saiba como remendar a câmara da bicicleta euvoudebike.com/2010/08/saiba-como-remendar-a-camara-da-bicicleta
  • [...] This post was Twitted by Deodorina [...]

    Twitted by Deodorina real-url.org/twitted.php?id=22701713031
  • [...] furado ou alguma outra emergência mecânica na bicicleta. Se você não carrega um kit de reparos (aprenda como usar), o incidente pode acabar com seu pedal e você pode acabar voltando a pé para [...]

    Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » Mecânico de bicicleta ‘delivery’ euvoudebike.com/2011/05/delivery-de-mecanico-de-bicicleta
  • kra, show, mto show é bem interessante, se quiser me enviar os arquivos com as fotos farei um manualzinho de bolso pra minha esposa. e pra minha galera do pedal.
    abraço! parabéns pela iniciativa.

    Jenilson C. Lima (Jene)
  • Comprei uma Bicicleta Speed Velonna, com um mes o pneu já furou 12 vezes. As 12 vezes que tentei pedalar pra valer com a Bike, a maior distancia dessas tentativas não cheguei a atingir nem 5 Km.
    Tenho o maior cuidado do mundo com terrenos acidentados e evito as ruas de calçamento, até mesmo reduzo a velocidade no asfalto em relação as pedrinhas e quebra-mola, mas não tem jeito.
    O pneu sempre fura, já remendei as camaras de ar , joguei fora e comprei outras novas, mas mesmo assim a bike me deixou na mão.
    Tanto o pneu dianteiro quanto trazeiro é só desespero, raiva e lamentações.
    O simples fato de ir no supermercado,500 m de distancia, o pneu fura, e não foi vandalismo.
    Com isso desisti, encostei a Magrela, vou comprar mesmo uma Bicicleta Pesada Mountain Bike pneus calibre 26 porque essas Magrelas pneus 700 até agora só me deu raiva, essas porcarias não serve pra nada.
    Só tem beleza e custa uma nota preta. Mas mesmo puto da vida aceito ajuda dos amigos ciclista de plantão. Meu e-mail; wendells@bol.com.br.

    wendell
  • “Se você não carrega um kit de reparos (aprenda como usar), o incidente pode acabar com seu pedal e você pode acabar voltando a pé para casa”

    Pois é, isso aconteceu comigo neste domingo (18 de setembro).

    Saí para um pedal com minha Peugeot Rock´It no Guarujá e o pneu traseiro furou bem na praia das Astúrias… sem kit de reparo, sem câmara sobressalente e sem dinheiro suficiente, o jeito foi empurrar até em casa. Detalhe: eu moro em Santos, mais precisamente no bairro do Gonzaga.

    Foi uma odísseia de 3h32min até entrar no meu quarto, as 20:32, e finalmente poder descansar. Desse mês não passa, VOU APRENDER A TROCAR CÂMARA DA MINHA BIKE nem que seja no braço!
    Esse tutorial me ajudou muito, já até favoritei. Obrigado!

    Leonardo ldeleonardo.blogs.sapo.pt
  • Muito bom o tutorial, parabéns e obrigado por compartilhar essas belas matérias.

    Tb não possuo esse kit de reparo, nem sabia que existia, aliás, bomba de CO2 rsrs.

    E o q vcs acham daquela proteção da câmera? Uma tira (não sei o nome do produto, mas qdo comprei minha bike pedi para botar) que envolve por dentro todo o pneu.

    Abraços!

    Sergio
  • Acabo de ver a resposta do Guga Machado sobre a tira, ainda nao tinha lido todos os comentários – desculpe. Então minha outra pergunta seria: onde posso compra o kit de reparos usado nos vídeos? Achei o máximo aquela bombinha “flex” :-) !

    Abraços

    Sergio
  • Muito bom o post, sempre aprendendo. Reforço o conselho do André; Uso bike p/ trabalhar, e coloquei a fita anti-furo e reduziu bastante o risco de haver furos; Também ajuda um bom pneu! (se quiser investir, tem uns da continental que são reforçados e tem camada dupla, mas são caros); Para o xará, o nome da fita é MR. TUFFI (fala-se mister tãf); Valeu turma, andando de bike, 1 carro a menos e algumas passagens de busão economizadas, em troca de saúde;

    SERGIO LUIZ
  • Se tiver fita anti-furo, trocamos o pneu do mesmo jeito? Imagino q ela saia do lugar e deve ser meio chatinho d colocar de novo, né?

    Joana
  • Quando criança vivia remendando a câmara da minha Caloi Dobrável, voltei a pedalar faz 1 ano, depois de uns 12 anos sedentário, to adorando, praticamente não ando mais de carro e nem de busão e metro\trem, a Bike tem me ajudado bastante, porém tenho tido bastante sustos também de alguns motorista que tiram finas, fecham e atravessam com tudo na frente da Bike, nunca saio de caso sem orar e pedir a proteção de Deus. Adorei o post, pois nem lembrava mais como trocar pneu e câmara. Um forte abraço.

    bissicretatr3z3 nãotenho
  • fala galera do pedal!!!!!! minha dica é o seguinte. Não vale a pena remendar com o kit, pois o remendo “frio” não é confiável………ando com camâra reserva, e depois, em caso de furo, levo no BORRACHEIRO onde é feito o remendo “quente”.
    Já fiquei na mão por causa desses remendos ‘frios”…………

    markus
  • E mais uma dica…..coloquem fita refletiva na bike, dessas que colocam em ônibus e caminhões, moro no RJ na zona norte, e por aqui também não têm ciclovias (obvio! bike não gera dinheiro pro governo!!) …..também vendi meu carro, pois minha saúde estava indo embora nos engarrafamentos…….abraços!!!!!

    markus
  • [...] -Veja dicas para trocar o pneu furado da bicicleta [...]

    Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » De bicicleta no Dia Mundial Sem Carro euvoudebike.com/2012/09/de-bicicleta-no-dia-mundial-sem-carro
  • Obrigado pelo valioso ensinamento.
    Contudo, não consegui ver o reparo da câmara! Digo, colar o remendo.

    Israel
  • Gostei muito deste seu tutorial e também do seu site, sou iniciante em ciclismo mas espero ir aprendendo aos poucos, parabéns e obrigado.

    Mateus
  • Interessante, gostei das informações. gostaria que fosse demonstrado como proteger as pinças do freio hidráulico para retirar o pneu, não sei como fazer. Um grande abraço.

    Carlos Augusto
  • Muito bom, obrigado!

    Ítalo
  • Muito bom esse tutorial após 66 anos consegui trocar uma pneu furado graças a esse tutorial

    Ricardo Cunha
  • Show de bola
    Sou novato no ciclismo isso ajuda demais showww

    Davi
  • Show de bola
    Sou novato no ciclismo isso ajuda demais showww

    Davi
  • Tenho 69 anos e aprendi andar de byke desde criança, quero fazer uma viagem com minha Houston ela é simples, mas acho que da pra passear, ocorre que não sei com bamba ou kit completo comprar. Alguem me ajuda ? Abraço. paulodlorenzo@gmail.com

    PAULO A D LORENZO
  • Muito interessante seu tutorial e seu site. Sou iniciante e suas dicas são excelentes. Parabéns

    Hercilio Maciel
  • Obrigado, foi muito útil!

    Diogo
  • Muito útil para todos os ciclistas, iniciantes, amadores, passeio, competição, ter este conhecimento básico de como trocar uma camêra furada / rasgada devido aquelas pédrinhas indesejáveis no terreno irregular para pratica do ciclismo / passeio ou competição. Estou aprendendo muito com o blog showwww .

    Bruno Rauh
  • Ola parabens pelo belo trabalho….
    Ontem sai de bike e furou o pneu e troquei na calçada…e hj vendo seu artigo aprendi que nao precisava ter soltado a sapata do freio, era só desarma-lo como vc ensinou…eu nao sabia que aquele freio desarmava….hihihi…obrigado aprendi mais esta e ganhei meu dia, pois o dia em que a gente aprende algo novo, ganhamos nosso dia….parabens e continue…

    Luis Campos py2ha.qrp-br.com
  • Legal! parabéns pelo vídeo…e pelo tempo dedicado e com o objetivo maior: Dividir com o próximo o que sabe…veleuuuuuuuuuuuuuu

    Marcos
  • Quero agradecer seu tutorial sobre manutenção emergencial de bicicletas. Sou do Rio de Janeiro e estava na temida Avenida Brasil há uns 10 Km de casa. Estava anoitecendo e como antes já tinha visto seus videos e conselhos, fui capaz de trocar minha câmara furada por uma nova e continuei meu trajeto. Parabéns e Obrigado!

    Anderson A Silva
  • meu amigo markus o remendo frio na minha opinião e um provisório até chegar no borracheiro também não confio nele hehehehehe tudibooom amigos ciclistas

    Lucas Ferreira
  • Blog muito bom!

    ganhar mais curtidas ganharcurtidas.com
  • Parabéns, belíssimo guia. Porém eu recomendo a todos fazer um pequeno investimento e colocar uma fita adesiva protetora entre o pneu e a camera. Eu vou fazer um texte com duas cameras, uma cheia e outra vazia, penso em colocar a fica o pneus cheio e o vazio.
    Será muito bom se der certo.

    Edson Alcaraz
  • Tem algum site que eu encontro esse kit para troca de pneu, completo?

    Junior Medeiro

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: