Houston na web Youtube Flickr RSS

Fórum de ideias

Se você tem ideias, dicas ou opiniões que possam melhorar o ciclismo no Brasil, participe e contribua para o movimento "Eu vou de Bike".

Postado em 23 de novembro

Uso da bicicleta como meio de transporte é viável?

Baseado em nosso recente post sobre Amsterdã, e os comentários gerados a partir deste, criamos este espaço por aqui para que possamos aprofundar a discussão sobre a utilização da bicicleta como meio de transporte e as políticas públicas de incentivo (ou não).

Seria muito interessante se todos pudessemos fazer um breve relato de nossa cidade natal com relação a usar a bike em nosso dia a dia. Quem sabe com isto ganhamos representatividade para reinvidicar nossos direitos?

Foto: Claudio Olivares Medina

IDEIAS

Usando a bicicleta no cotidiano em São Paulo, capital

Por gugamachado em 23/11/2010

Para mim, o uso da bike em SP em meu cotidiano ainda é parcial, por questões principalmente relacionadas a segurança. Em uma cidade do tamanho de SP, e com o trânsito absurdo e desregrado que enfrentamos, as bicicletas infelizmente não são bem vindas. Ainda quando meu compromisso está a uma distância de no máximo 10 km de casa, e tenho a opção de ir por ruas menos movimentadas, minha opção é sempre ir de bike. Porém, minha sensação é a de ser um verdadeiro "intruso"! Praticamente não temos ciclovias funcionais em SP (eu chamo de ciclovia funcional um espaço separado, sinalizado e reservado exclusivamente para bicicletas, a semelhança da ciclovia de Santos), o que nos faz na maioria das vezes dividir o transito com veículos muito maiores e mais rápidos. E, apesar da lei do 1,5 metro de distância mínima do ciclista que os demais veículos devem manter, sabemos que na prática isto quase nunca é observado. Aqui não quero estimular uma guerra em busca de "culpados", mas somente transmitir a sensação que tenho toda vez que utilizo a bicicleta como meio de transporte. E tenho uma dúvida: em boa parte das avenidas de SP temos um vasto canteiro central, e que na maioria das vezes não é utilizado, pois quase ninguém caminha por esta via. Porquê será que não se revertem estes espaços em ciclovias? Já imaginaram como ficaria a av. Brasil, o corredor Domingos de Moraes - Av. Paulista, a av. Faria Lima e outras tantas que temos por aqui?



Comentário

  • Eu concordo que canteiros sejam lindos (quando bem cuidados). Mas o que me indigna é que agora tem-se uma faixa para motocicletas. Sinto que só quem possui meio de transporte "poluidor" ou melhor "que se utilize de combustível" seja considerado meio de transporte válido, de cidadão. Nem mesmo as empresas consideram a bike um meio de transporte válido. Por exemplo, se vou de bike ao trabalho, como faço sempre, não tenho direito ao seguro que esta oferece, pois só se eu me acidentar num meio de transporte público ou carro particular para obter esse seguro. Parece que porque estamos de bicicleta não somos cidadãos, o que é o contrário, somos cidadãos mais conscientes e não somos reconhecidos como tal.

    Julia
  • É passo o mesmo problema...é um absurdo...vc olha aquela fila de carros parado com apenas uma pessoa dentro...e o ciclista sem um espaço apenas por falta de vontade do estado....

    Levi Machado
  • Como a marca do brasileiro é tolerancia á corrupção e prática do jeitinho brasileiro. Quem não aceita essas coisas se sente meio "intruso" mesmo e muitas vezes forasteiro, alguém que não se enquadra na realidade do habitate em que está.
    A verdade é que uma geração só ve resultados quando a anterior faz alguma coisa. Esse é o sistema atual.
    Será que há algo que possamos fazer? A morozidade da justiça e da legislação nunca muda?
    Acho que se tivessemos ciclistas advogados, ciclistas políticos, ciclistas empresários, ciclistas funcionários públicos, ciclistas jornalistas, ciclistas vereadores, quem sabe até ciclistas juízes.
    Talvez houvesse uma chance de mudar alguma coisa na nossa geração.
    Tem algum advogado ai?
    É eu sabia que não.
    Parece que quem pode comprar um carrão ou um bicicletão ta do outro lado da sociedade.
    Tem algum político ai ?
    É nem eu estou exercendo minha cidadania.
    Um dia alguém muda de lado.
    Ou a gente se enquadra ou a gente muda aquilo que precisa mudar. Só que sozinho ninguém consegue.
    Desculpa o desabafo ai.

    Alexandre Calado
  • O canteiro central da Paulista, que foi reformado , é de péssimo gosto, é exemplo da má utilização dos espaços que temos, antes tinha espaço, hoje tem aquelas coisas de concreto(horrorosas) com miudas plantas... penso, sinceramente, quanto mal gosto e falta de criatividade tem os responsáveis por atrocidades como esta; outro exemplo é a praça em frente o shopping paulista, também com concreto, aqueles bancos horrendos nem um pouco convidadivos aos transeuntes, falta sentido, atmosfera para que sao paulo seja um local realmente agradável para se viver. o tópico é uma imaginação minha também, imagine uma ciclovia no canteiro central? livraria o grande problema dos ciclistas, naquele caso, em relação ao corredor de ônibus.

    Jaqueline
  • Estou tentando substituir meu carro pela minha bike concordo e com o fato das ciclovias não atender a realidade do nosso cotidiano mas tenho encontrado mais dificuldade e onde guardar a magrela. Se vou numa farmácia, padaria, banco ou até mesmo numa sorveteria sempre tem os dois episódios. O primeiro e onde guardar e o segundo é se vou encontrá-la novamente.

    Thiago

Comente Você Também

Para publicar seus comentários aqui com seu Avatar, cadastre-se no: