Warning: Use of undefined constant MSW_WPFM_FILE - assumed 'MSW_WPFM_FILE' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /nfs/c05/h03/mnt/78726/domains/euvoudebike.com/html/wordpress/wp-content/plugins/wordpress-file-monitor/wordpress-file-monitor.php on line 39
Eu Vou de Bike – Bicicletas, Lazer e Transporte Urbano » ciclismo urbano

Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 12 de junho por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Bicicletas na Rio+20

Falta pouco mais de uma semana para a alta cúpula da Rio+20, mas muita coisa relacionada ao desenvolvimento urbano e ao uso da bicicleta como meio de transporte já está sendo feita para marcar o evento.

A Rio+20 acontece vinte anos após a Eco-92, também no Rio de Janeiro, que volta a sediar um encontro internacional para discutir o meio ambiente. Oficialmente batizada de Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20 vai definir a agenda do desenvolvimento sustentável para as próximas décadas, e a bicicleta é essencial no planejamento de uma sociedade mais verde.

E as bicicletas estarão presentes na conferência! No último domingo, saiu de São Paulo um ‘bonde’ de ciclistas que estão pedalando até o Rio de Janeiro para participar da Rio+20.

Além do bonde paulista, também já estão a caminho do Rio de Janeiro dois outros grupos de ciclistas, um que saiu da região Nordeste e outro que saiu da região Centro-Oeste.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, no último dia da cúpula, 22 de junho, os ciclistas irão se reunir para uma bicicletada na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro!

Assista ao vídeo da Folha de S. Paulo e saiba mais!


Postado em 7 de maio por Eu Vou de Bike

Tags:, ,

Concurso de roteiro dá prêmio de R$ 10 mil

Você é criativo e adora bicicletas? Gostaria de concorrer a um prêmio de R$ 10 mil? Então se liga, porque a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, por meio do CCJ Ruth Cardoso e do NUPA (Núcleo Paulistano de Animação), abriu as inscrições do Prêmio Aquisição para um roteiro de de animação com o tema “Bicicletas em São Paulo”.

As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de junho, de terça a domingo (10h às 17h) na recepção do CCJ Ruth Cardoso, que fica na zona norte de São Paulo.

Segundo a organização do concurso, não é necessário story-board ou desenhos. O que vale é uma BOA IDEIA, criativa, original e marcante.

Basta escrever o roteiro no formato indicado no edital. Qualquer um pode participar: profissional, amador, estudante, mas é necessário comprovar que mora em São Paulo há pelo menos dois anos.

>> Baixe o edital aqui

CCJ Ruth Cardoso
http://ccjuve.prefeitura.sp.gov.br
Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha
(11) 3984 2466

– Via Smelly Cat


Postado em 24 de fevereiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Bicicleta clássica tem detalhes em madeira e cortiça

Hoje é sexta-feira, dia de babar um pouco nessa bicicleta em estilo clássico/vintage criada em uma parceria entre um estúdio de design de San Francisco, nos EUA, e o designer de bicicletas Nicholas Riddle.

De acordo com o site TreeHugger, a bicicleta foi feita usando um frame Columbus SL e teve como base a clássica bike Cinelli Supercorsa 1978.

O mais interessante dessa bicicleta é a atenção dada aos detalhes. Reparem nas fotos abaixo a moeda de 25 centavos de dólar e as rolhas super ‘old school’ fechando os tubos do bagageiro frontal. Além disso, placas decorativas em madeira e detalhes em cortiça no guidão dão um toque todo especial à bicicleta.

Infelizmente essa bicicleta foi feita sob medida pelo estúdio de design Shape Field e não será fabricada em série. Mas pelo menos dá para babar mais um pouco nessa galeria de fotos.

Fotos por Curtis Mayers


Postado em 23 de fevereiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Motorista joga ônibus contra ciclista e é preso

Uma reclamação antiga de quem pedala pelas ruas de São Paulo é a falta de respeito por parte de alguns motoristas de ônibus, que acabam jogando o veículo contra a bicicleta que circula pela faixa da direita. Um caso semelhante ocorreu na Grã-Bretanha, e o resultado pode servir de exemplo para nós.

O caso ocorreu em abril de 2011 em Bristol, na Inglaterra, quando um motorista de ônibus jogou o veículo de propósito em direção ao ciclista, que escapou “apenas” quebrando uma perna.

Para o azar do motorista, câmeras de segurança registraram toda a ação e o vídeo foi exibido durante o julgamento. Contra imagens não há argumentos. O motorista se declarou culpado por direção perigosa e lesão corporal, sendo condenado a um ano e cinco meses de prisão.

Veja abaixo o vídeo exibido durante o julgamento:


Postado em 30 de janeiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Ronaldo ‘Fenômeno’ de bicicleta

Na manhã desta segunda-feira, um dos assuntos mais comentados no Twitter entre quem usa a bicicleta como meio de transporte era sobre Ronaldo, o ‘Fenômeno’. E o tema era bicicleta, e não futebol!

Logo cedo, Ronaldo publicou na sua conta no Twitter que “agora a moda é chegar na reunião de bike”. E junto colocou uma foto dele usando capacete e segurando uma bicicleta.

Não sabemos se essa reunião é aqui em São Paulo ou em alguma cidade da Europa, mas o exemplo dado por Ronaldo, que tem mais de 2,5 milhões de seguidores no Twitter, é muito importante para popularizar a bicicleta como meio de transporte e mostrar que a bike pode (e deve) ser usada por pessoas de todas as classes sociais, inclusive milionários como o ex-jogador.

Vale dizer que Ronaldo estava super antenado na tendência ‘Cycle Chic‘, pedalando com as mesmas roupas usadas na reunião. Ótimo exemplo do ‘Fenômeno’!


Postado em 9 de janeiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Rio terá novos bicicletários na orla de Ipanema e Leblon

Os cariocas estão cada vez mais aderindo à bicicleta como meio de transporte e lazer, e com o aumento do número de ciclistas na cidade, começam a faltar os espaços apropriados para o estacionamento das bicicletas.

Há um enorme déficit de bicicletários no Rio de Janeiro, segundo reportagem do O Globo, mas nesta segunda-feira começa a instalação de um novo modelo de bicicletário público na orla da cidade.

O projeto do designer Guto Índio da Costa é feito de aço inox e foi aprovado pelas secretarias de Urbanismo e Meio Ambiente. No domingo, Carlos Roberto Osório, secretário municipal de Conservação dos Serviços Públicos do Rio de Janeiro, divulgou no Twitter a foto do bicicletário que começará a ser instalado na cidade:


Bicicletário que será instalado na orla

Ao todo, 18 bicicletários serão instalados no canteiro central das avenidas Delfim Moreira, no Leblon e Vieira Souto, em Ipanema, na Zona Sul da cidade. Segundo Carlos Osório, inicialmente apenas essas duas regiões irão receber o equipamento, mas se for aprovado pelos usuários haverá uma expansão para outras áreas da cidade.

De acordo com reportagem do jornal O Dia, há três anos, eram 650 vagas para estacionamento de bicicletas e, atualmente, este número chega a três mil.

O Rio de Janeiro, que já tem muita gente usando a bicicleta para lazer, investe pesado na bicicleta como meio de transporte. Atualmente com cerca de 150 quilômetros de ciclovias, a cidade prevê assumir a liderança latino-americana em quilômetros de ciclovias construídas, superando a colombiana Bogotá, com o programa “Rio Capital da Bicicleta“.

>> Saiba mais sobre as cidades do Brasil com melhor estrutura aos ciclistas

Foto no Flickr da Monica Di Blasio


Postado em 16 de novembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , , ,

Campanha contra carros na ciclofaixa

Você deve se lembrar daquele prefeito de Vilnius, capital da Lituânia, que pegou um tanque de guerra para esmagar carros que estavam estacionados nas ciclofaixas da cidade, né? Mas se você não lembra, veja o vídeo abaixo:

A cena que você viu acima foi um ‘stunt publicitário’ promovido pelo prefeito Arturo Zuokas para chamar a atenção da população da capital da Lituânia para a importância do respeito às ciclofaixas.

Nesta semana, Zuokas apareceu com mais um vídeo na web. Durante uma visita a Nova York, o político cicloativista começou a colar adesivos com os dizeres ‘não me faça pegar o tanque’ nos carros estacionados sobre as ciclofaixas da cidade. Hilário e ao mesmo tempo muito educativo.

Veja no vídeo abaixo:

É de gente como Arturo Zuokas que precisamos. Se a ciclofaixa está lá, ela deve ser respeitada! :)


Postado em 3 de novembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , , , ,

Ciclofaixa de Moema, em SP, está pronta

Quem passou pelas ruas do bairro de Moema, zona sul de São Paulo, nas últimas semanas deve ter notado alguma coisa diferente. Duas das principais avenidas que cortam o bairro, a Rouxinol e a Pavão, ganharam uma ciclofaixa permanente, pintada de vermelho, no lado esquerdo da via!

O trajeto já está todo pintado, mas a ciclofaixa ainda não foi inaugurada oficialmente. De acordo com reportagem do Radar SP, a inauguração deve acontecer até a segunda semana deste mês.

Ao contrário da Ciclofaixa de Lazer de São Paulo, que só funciona aos domingos e feriados, as ciclofaixas de Moema são permanentes e estão ativas todos os dias. Na ciclofaixa, não existe separação física por meio de muretas ou grade entre as faixas para bicicleta e o restante do tráfego, e o espaço do ciclista deve ser respeitado pelos veículos.

Em alguns trechos da ciclofaixa, que tem três quilômetros no total, as vagas de estacionamento de veículos foram deslocadas para a direita, e a coisa pode ficar meio confusa. Com os carros estacionados praticamente no meio da rua, os ciclistas ficam ‘invisíveis’ para quem entra em garagens ou estacionamentos comerciais, o que pode ser perigoso.

Nesta semana, visitamos a ciclofaixa de Moema e constatamos um claro desrespeito dos motoristas que estavam estacionados sobre a demarcação para as bicicletas. Apesar de a via ainda não ter sido inaugurada oficialmente, já havia ciclistas pedalando por ali. Veja nas fotos e no vídeo abaixo:

 

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, os carros que invadirem o espaço poderão ser multados. A CET não informou o valor da multa, mas disse que na primeira etapa haverá apenas orientação aos motoristas e ciclistas para, só depois, começar a aplicar multas.

Além do desrespeito de alguns motoristas que estacionaram sobre a ciclofaixa, a mudança no bairro de Moema gerou polêmica entre alguns comerciantes, que não gostaram de perder as vagas de estacionamento na rua. Em comentário na Folha de S. Paulo, uma dona de padaria criticou a medida e afirmou: “Isso é um perigo. Imagina os atropelamentos que vão ter nessa faixa. A pessoa entra na loja, não vê a bicicleta e acaba atropelando”, disse.

Além da ciclofaixa nas duas avenidas, o bairro de Moema ganhou também em novembro cerca de 6,5 quilômetros de ciclorrota, que é uma via comum, compartilhada com carros, mas sinalizada de modo que a preferência seja sempre do ciclista.

Veja no mapa abaixo, publicado na Folha de S. Paulo, o traçado da ciclofaixa e da ciclorrota de Moema:

Como é possível ver pelo mapa, a ciclofaixa de Moema deverá ser bastante usada por quem circula pelo bairro, mas uma possível ampliação pode ligar a região até outros polos importantes, como a Vila Olímpia ou alguma estação próxima de metrô, o que já seria interessante.

Numa pedalada rápida que demos pelo local, tivemos que desviar de alguns buracos enormes no meio fio, o que pode ser perigoso em dias mais movimentados. Além disso, tivemos de sair da ciclofaixa e usar a rua nos trechos em que os motoristas estacionaram sobre a faixa pintada, em claro desrespeito aos ciclistas.

No geral, a ciclofaixa de Moema é uma ótima iniciativa para a cidade de São Paulo, desde que seja um projeto embrionário com perspectiva de crescimento e de implementação em outros bairros da cidade.

Torcemos (muito!) para que nos próximos anos uma grande rede de ciclofaixas seja interligada com ciclorrotas e com ruas e avenidas da cidade, para que os ciclistas tenham cada vez mais opções seguras de compartilhamento da via pública.


Postado em 24 de outubro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Jeans para ciclistas são vendidos em SP

Os bikers hipsters paulistanos estão em festa! A descolada loja Tag and Juice, na Vila Madalena, começou a vender com exclusividade a linha Commuter da Levi´s, feita especialmente para ciclistas.

Os jeans da linha Commuter têm tecido e estrutura aprimorados, mais resistentes, que aumentam a mobilidade e a durabilidade enquanto protegem os ciclistas dos riscos potenciais nas pedaladas.

Além disso, a calça tem cós especialmente projetado para guardar a trava da bicicleta, bolso traseiro para iPod, maior altura traseira (para não pagar cofrinho!), tecido reforçado no cavalo (para não rasgar), bolsos traseiros e passadores da cintura, e tecido strech de desempenho.

Os produtos Commuter by Levi’s® possuem, ainda, a 3M ScotchliteTM, que integra de forma sutil uma refletividade de 300 mil velas nas principais áreas das roupas. O mais legal de tudo é que o jeans sofreu um tratamento de impermeabilização e não fica muito molhado na chuva!

Veja abaixo o vídeo promocional da Levi’s:


Postado em 15 de agosto por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Ciclistas são sabotados na USP com tachinhas no asfalto

A rivalidade de alunos, taxistas e motoristas de ônibus contra os ciclistas que treinam aos fins de semana na Cidade Universitária, o campus da USP, está chegando a níveis extremos. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, tachinhas estão sendo colocadas na rota dos ciclistas para furar os pneus das bicicletas.

As tachinhas, segundo os ciclistas, são jogadas no asfalto da regiãod a raia olímpica e da praça da Reitoria. Além de furar os pneus, o maior perigo dessa ‘tática’ criminosa é a possibilidade de acidentes, uma vez que os atletas que treinam na USP são de alta performance e pedalam em pelotões com velocidade de até 45 km/h.

A Coordenadoria do Campus da USP disse que não tinha conhecimento do problema com as tachinhas e orienta os atletas a registrarem as queixas na Guarda Universitária para que os casos sejam investigados.

Se você teve seu pneu furado por alguma tachinha malandra ou qualquer outro objeto, veja as dicas abaixo do Eu Vou de Bike:

– Saiba como remendar a câmara da bicicleta
– Saiba como trocar o pneu furado da bicicleta



Anterior Próxima