Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 27 de novembro por gugamachado

Tags:, , ,

Protocolo Sorocaba é o principal legado do Shimano Fest 2014!

São Paulo (SP) - O 5º Shimano Fest, maior evento de bike e pesca da América Latina, pode ser considerado histórico e um marco para a mobilidade no Brasil. Além de atingir números recordes, com aumento de 45% no público em relação a 2013, com 13.000 visitantes, e impacto econômico de 2,8 milhões de reais em Sorocaba e região, a edição deste ano deixa para o País um importante legado. Após abertura em 21 de novembro com o Congresso Mobilidade – Shimano Fest, a organização do evento, em parceria com a UCB (União de Ciclistas do Brasil), divulga o “Protocolo de Sorocaba para o desenvolvimento da mobilidade ciclística”. O documento pode ser conhecido na íntegra em uniaodeciclistas.org.br/protocolo-sorocaba, onde também as empresas e instituições interessadas podem subscrevê-lo e se comprometer com seus termos.

A elaboração do documento reúne a reflexão de representantes de empresas privadas, do poder público e da sociedade civil organizada, que estiveram no Parque das Águas, de 21 a 23 de novembro de 2014. O debate tratou das situações política, econômica e cultural da mobilidade urbana e das formas de se reduzir a contraprodutividade e o estresse que as cidades brasileiras enfrentam devido à falta de planejamento no transporte.

“O mercado mundial de bicicletas é determinado por inúmeros setores sociais e agentes econômicos e políticos. A bicicleta envolve temas como saúde, uso do espaço público para transporte, lazer e esporte, meio ambiente, planejamento urbano e educação viária, tanto pela sociedade civil, quanto pelo poder público e pela iniciativa privada. Portanto, a expansão do mercado de bicicletas, de médio a longo prazo, ganha bastante ao empreender o diálogo com quem defende o uso da bike”, avalia André Geraldo Soares, Diretor Presidente da UCB.

“A proposta de um protocolo de compromissos feita pela Shimano demonstra que a empresa está conectada com as aspirações sociais para viabilizar o uso da bicicleta, promover a segurança de seus usuários e conquistar novos adeptos”, elogiou André. “Seu maior mérito é envolver todos os setores sociais para o alcance do maior objetivo, que é aumentar a participação da bicicleta na mobilidade urbana, reconhecendo as boas práticas e motivando novas adesões”, completou o representante da UCB. O “Protocolo de Sorocaba” é lançado com o intuito de unir esforços e consolidar compromissos multilaterais para aumentar, com eficiência, segurança e conforto aos ciclistas nos projetos de mobilidade urbana.

“O Protocolo é a materialização de um momento importante que foi reunir entidades públicas e privadas, assim como profissionais de diferentes segmentos em torno da discussão sobre mobilidade por bicicleta. Além do Shimano Fest ser realizado em uma cidade referência neste assunto, coincidentemente São Paulo está passando por uma transformação históricapor conta das Ciclovias que estão sendo implementadas”, definiu Rogério Tancredi, gerente de marketing da Shimano.

Representantes do mundo da bike - Em Sorocaba, estiveram reunidos diversos nomes relacionados ao mundo da bike. Enquanto a Shimano foi representada pela coordenadora de marketing esportivo, Vanessa Srna Pinheiro, a Urbes (Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social de Sorocaba) teve o assessor técnico, José Carlos de Almeida, apresentando o modal da cidade, interligado ao sistema de transporte público. Em seguida, no painel “Cases de sucesso – Iniciativas do setor privado para a mobilidade”, apresentaram-se Rafael Mambreti, do Carbono Zero Courrier, Marcos Tadeu Camargo, do SESC Sorocaba, e Claudia Franco, da Escola de Bicicleta Ciclofemini.

O Congresso Mobilidade – Shimano Fest foi encerrado com uma mesa redonda entre representantes de diversas frentes da sociedade. Os debatedores foram: Willian Cruz, do Website “Vá de Bike”; Fábio Samori, proprietário do Aro 27 Bike Café; Cleber Anderson, proprietário da Anderson Bicicletas; Fernando Guimarães, apresentador na rádio Cruzeiro FM e repórter no Jornal Cruzeiro do Sul; Renata Falzoni, do Bike é Legal; André Geraldo Soares (UCB), o vereador por São Paulo, Police Neto e o engenheiro Clebson Aparecido Ribeiro, secretário do Meio Ambiente de Sorocaba.

“O Protocolo de Sorocaba é o resultado deste esforço, deste brainstorming saudável e continuado, já que além de ser compartilhado, é colaborativo. Desta forma, é muito representativo para a Shimano, porque temos satisfação e orgulho de sermos catalisadores, e não criadores, do documento significativo que possui vida própria. Desejamos compartilhar essa iniciativa com outros escritórios da Shimano pelo mundo, em países que estejam passando por momento similar ao do Brasil”, enalteceu Tancredi.

“Foi um evento repleto de êxitos, não somente para o esporte, que tem o Shimano Fest como referência nacional. Foi feliz a escolha da cidade, destacada pela renovação urbana proporcionada pelo ciclismo. Também foi exemplar a iniciativa da Shimano em demonstrar a relação entre esporte e mobilidade urbana por meio da bicicleta”, destacou o representante da União de Ciclistas do Brasil.

O Shimano Fest, totalmente gratuito e destinado a todos os públicos, foi realizado pela Shimano,  com apoios da Prefeitura Municipal de Sorocaba e da Urbes (Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social de Sorocaba).

Nós aqui do EVDB estivemos por lá e pudemos experimentar tudo o que foi falado acima. E que venham os próximos!!!

Nos vemos em 2015!