Houston na web Youtube Flickr RSS

Blog Vou de Bike

Postado em 26 de setembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , ,

Rio deve ampliar aluguel de bicicletas

Uma das grandes críticas ao projeto de compartilhamento de bicicletas do Rio de Janeiro, o Bike Rio, é que ele atende com mais ênfase os moradores da zona sul da cidade, especialmente a região de praias. Isso está para mudar.

Segundo a Prefeitura da cidade, em breve serão feitas licitações para instalar as ‘laranjinhas’ em bairros como Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá, na zona oeste, e também na Tijuca, na zona norte. “A nossa vontade é que a gente tenha entre 3 e 5 mil bicicletas até o final de 2013″, afirmou o secretário Carlos Roberto Osório, em entrevista ao portal Terra.

Hoje, o projeto Bike Rio tem 58 estações funcionando diariamente, das 6h às 22h (poderia ser 24h, né?). Segundo dados da reportagem do Terra, cerca de 580 bicicletas são usadas nas estações.


Postado em 28 de agosto por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

3ª edição do Tour do Rio começa nesta quarta

A terceira edição do Tour do Rio, a maior competição de ciclismo da América Latina, começa nesta quarta-feira, 29 de agosto. Neste ano, dez equipes brasileiras competem ao lado de nove times de fora, com mais de 100 ciclistas na disputa.

O percurso do Tour do Rio passa por paisagens que são consideradas as mais belas do Brasil, percorrendo exatamente 806 quilômetros e passando por cinco cidades. Veja detalhes do percurso.

A largad será na Barra da Tijuca, nesta quarta, e a prova termina no domingo, 2 de setembro. Entre esses dias, os ciclistas passam por Angra dos Reis, Volta Redonda, Três Rios, Teresópolis e Rio das Ostras. Serra, mar, fazendas e cidades… tudo isso numa prova só!

Durante cada dia será disputada uma etapa, em percursos que vão de uma cidade à outra. Quem voltar ao Rio de Janeiro no menor tempo – considerando-se as somas de cada etapa -, será o grande campeão da prova.


Postado em 13 de junho por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Jornalistas vão pedalar na Rio+20

Se a Rio+20 promove o desenvolvimento sustentável, nada mais justo que a bicicleta seja usada como meio de transporte dos participantes da conferência.

Os cerca de 80 jovens da Agência Jovem de Notícias Internacionais – vindos de 12 Estados brasileiros, Europa, África, América Latina e América do Norte – vão se deslocar com bicicletas disponibilizadas gratuitamente pela Secretaria Estadual de Transportes, com apoio da SuperVia.

Segundo o Jornal do Brasil, as bicicletas serão usadas nos deslocamentos entre pautas e agendas de trabalho dos jovens jornalistas. A intenção do governo é mostrar para o mundo que o Estado do Rio de Janeiro está empenhado em promover o uso da bicicleta como meio de transportes nas grandes cidades.

Para consolidar a imagem de um local preocupado com a bicicleta e com os ciclistas, o Rio de Janeiro aproveita as reuniões da Rio+20 para lançar a camiseta de divulgação do Programa Rio-Estado da Bicicleta. Veja a camiseta abaixo:


Postado em 8 de maio por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , , ,

Rio regulamenta uso de bicicleta elétrica

Após a polêmica apreensão de uma bicicleta elétrica durante uma blitz da Lei Seca, a Prefeitura do Rio de Janeiro publicou um decreto nesta segunda (7) para regulamentar o uso das bikes elétricas, cada vez mais populares na Cidade Maravilhosa.

De acordo com a regulamentação, a bicicleta elétrica deve ser tratada como uma bicicleta comum, mas com algumas ressalvas. A velocidade não pode ultrapassar 20 km/h e o ciclista deve ter pelo menos 16 anos para operar uma e-bike.

De acordo com o decreto, os modelos elétricos devem ser considerados como as outras bicicletas, desde que o condutor obedeça ao limite de velocidade de 20 km por hora e tenha, pelo menos, 16 anos de idade.

A decisão da prefeitura do Rio de Janeiro vai em sentido contrário ao da definição do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que exige habilitação especial e emplacamento da bicicleta. Por enquanto, nada disso será necessário.

É interessante ver no texto do decreto que a Prefeitura do Rio de Janeiro já vê a bicicleta (elétrica ou não) como “meio alternativo de transporte (…) auxiliar na redução dos problemas enfrentados nas grandes metrópoles”. Bacana!

O assunto é polêmico e ainda vai dar pano pra manga. Por isso, queremos saber a sua opinião. Você acha que o condutor de uma bicicleta elétrica deve ter habilitação ou apenas seguir um limite de velocidade e manter para manter a sua segurança e a dos outros cidadãos? Deixe sua opinião nos comentários!

Veja a íntegra do decreto abaixo:

“O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais; e

CONSIDERANDO que, na forma do art. 225 da Constituição Federal, é dever do Poder Público estimular práticas ambientalmente saudáveis e sustentáveis;

CONSIDERANDO que a utilização de bicicletas elétricas tende a auxiliar na redução dos problemas enfrentados nas grandes metrópoles pela poluição sonora, causada por motores à combustão;

CONSIDERANDO que utilização de bicicletas elétricas, como meio alternativo de transporte, tem impacto ambiental extremamente reduzido, por se servir de fonte de energia limpa;

CONSIDERANDO a necessidade de reduzir a dependência de veículos alimentados por fontes de energia provenientes de combustíveis fósseis;

CONSIDERANDO que compete ao Poder Público Municipal, na forma do art. 24, inciso II, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, “planejar, projetar, regulamentar e operar o trânsito de veículos, de pedestres e de animais, e promover o desenvolvimento da circulação e da segurança de ciclistas”;

CONSIDERANDO o disposto no art. 129 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, segundo o qual “o registro e o licenciamento dos veículos de propulsão humana, dos ciclomotores e dos veículos de tração animal obedecerão à regulamentação estabelecida em legislação municipal do domicílio ou residência de seus proprietários”;

CONSIDERANDO a singularidade da malha cicloviária existente na Cidade do Rio de Janeiro, com extensão superior a duzentos e setenta quilômetros, permitindo a ampla circulação de pessoas, tanto para fins de lazer como para fins de deslocamento da população;

CONSIDERANDO a necessidade de regulamentar a utilização de bicicletas elétricas no âmbito territorial do Município do Rio de Janeiro, observadas as especificidades e o interesse local, conforme autoriza o art. 30, I, da Constituição Federal;

DECRETA:
Art. 1º. Para fins de circulação em ciclovias, ciclofaixas e vias públicas, equiparam-se as bicicletas elétricas às bicicletas movidas a propulsão humana, cuja regulamentação específica deverá ser respeitada, desde que observado o limite de velocidade de vinte quilômetros por hora e que o ciclista possua idade mínima igual ou superior a dezesseis anos.

Art. 2º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Rio de Janeiro, 4 de maio de 2012; 448º ano da fundação da Cidade.
EDUARDO PAES.”

Foto: Transporte Ativo


Postado em 12 de janeiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Rio de Janeiro expande projeto Bike Rio

Uma das poucas críticas ao sistema de aluguel de bicicletas do Rio de Janeiro, o Bike Rio, é que ele tem como foco as áreas mais ricas da cidade, especialmente a orla da zona sul do Rio de Janeira, em bairros como Copacabana e Ipanema.

Mas isso está mudando! As bicicletas laranjas que invadiram a orla carioca vão também poder ser compartilhadas, a partir de fevereiro, em estações na Rocinha e em São Conrado.

De acordo com reportagem do jornal O Globo, as estações serão instaladas na Rua Prefeito Mendes de Morais, próximo ao número 1.250, em São Conrado; e na Avenida Niemeyer, altura da Praça das Flores, e no Largo do Boiadeiro, ambas na Rocinha.

A reportagem do jornal carioca mostra que o sistema de compartilhamento de bicicletas no Rio de Janeiro é um sucesso. No último fim de semana, foi alcançada a marca de 119 mil viagens desde o início das operações, em 28 de outubro do ano passado. No último domingo, um recorde: 3.990 mil viagens, em um único dia! No total, mais de 28 mil pessoas já se cadastraram!

Hoje, o projeto Bike Rio te 46 estações funcionando diariamente, das 6h às 22h (poderia ser 24h, né?) e a previsão é que 60 estações, com 600 bicicletas, estejam operacionais até o fim de fevereiro.

“O Programa Bike Rio caiu no gosto do carioca e é um sucesso. É ótimo que cariocas e turistas estejam aproveitando para conhecer o Rio de bicicleta”, disse, em nota, o secretário de Conservação e Serviços Públicos Carlos Roberto Osorio.

Demorou (muito!) para São Paulo copiar essa ideia e começar a incentivar a bicicleta como meio de transporte até para quem não tem sua bicicleta e quer fazer pequenos percursos sobre duas rodas. Imagina se tivesse uma estação perto de cada estação de metrô, na região da avenida Faria Lima, no centro…


Postado em 9 de janeiro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Rio terá novos bicicletários na orla de Ipanema e Leblon

Os cariocas estão cada vez mais aderindo à bicicleta como meio de transporte e lazer, e com o aumento do número de ciclistas na cidade, começam a faltar os espaços apropriados para o estacionamento das bicicletas.

Há um enorme déficit de bicicletários no Rio de Janeiro, segundo reportagem do O Globo, mas nesta segunda-feira começa a instalação de um novo modelo de bicicletário público na orla da cidade.

O projeto do designer Guto Índio da Costa é feito de aço inox e foi aprovado pelas secretarias de Urbanismo e Meio Ambiente. No domingo, Carlos Roberto Osório, secretário municipal de Conservação dos Serviços Públicos do Rio de Janeiro, divulgou no Twitter a foto do bicicletário que começará a ser instalado na cidade:


Bicicletário que será instalado na orla

Ao todo, 18 bicicletários serão instalados no canteiro central das avenidas Delfim Moreira, no Leblon e Vieira Souto, em Ipanema, na Zona Sul da cidade. Segundo Carlos Osório, inicialmente apenas essas duas regiões irão receber o equipamento, mas se for aprovado pelos usuários haverá uma expansão para outras áreas da cidade.

De acordo com reportagem do jornal O Dia, há três anos, eram 650 vagas para estacionamento de bicicletas e, atualmente, este número chega a três mil.

O Rio de Janeiro, que já tem muita gente usando a bicicleta para lazer, investe pesado na bicicleta como meio de transporte. Atualmente com cerca de 150 quilômetros de ciclovias, a cidade prevê assumir a liderança latino-americana em quilômetros de ciclovias construídas, superando a colombiana Bogotá, com o programa “Rio Capital da Bicicleta“.

>> Saiba mais sobre as cidades do Brasil com melhor estrutura aos ciclistas

Foto no Flickr da Monica Di Blasio


Postado em 4 de novembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , , ,

Ranking das melhores cidades para pedalar

O site Copenhagenize, uma das referências quando o assunto é bicicleta como meio de transporte, divulgou nesta semana o ranking 2011 das cidades mais amigáveis à bicicleta no mundo todo.

Sem surpresa nenhuma, a cidade de Amsterdã, na Holanda, aparece em primeiro lugar, seguida de perto de Copenhague, capital da Dinamarca.

No ranking de 20 cidades, o Rio de Janeiro aparece em 18º lugar, e é a única cidade brasileira da lista. De acordo com o site, qualquer cidade que permite ir de uma ponta a outra em uma infraestrutura de bicicleta separada da via dos veículos deveria aparecer no ranking. O Copenhagenize destaca ainda que a cidade tem ciclovias desde 1992 e é possível pedalar da saída do aeroporto Santos Dumont para os principais locais da cidade.

No lado negativo, o ranking do Copenhagenize ressalta que o limite de 70 km/h nas principais vias do Rio de Janeiro é insano e que a estrutura de ciclofaixas e ciclovias da cidade já ficou obsoleta.

Veja abaixo o ranking e clique aqui para ver mais informações sobre as cidades:

1º – Amsterdã
2º – Copenhague
3º – Barcelona
4º – Tóquio
5º – Berlim
6º – Munique
7º – Paris
8º – Montreal
9º – Dublin
10º – Budapest
11º – Portland
12º – Guadalajara
13º – Hamburgo
14º – Estocolmo
15º – Helsinki
16º – Londres
17º – São Francisco
18º – Rio de Janeiro
19º – Viena
20º – Nova York


Postado em 4 de outubro por Eu Vou de Bike

Tags:, ,

Debate Público sobre Uso da Bicicleta no Rio de Janeiro

Nesta quinta-feira (6) acontece o Debate Público sobre Uso da Bicicleta no Rio de Janeiro. O evento começa às 18h30 no Auditório da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O debate será aberto.

Participam do Debate Público sobre Uso da Bicicleta no Rio de Janeiro Thais Lima (VELIMOBI), Zé Lobo (Associação Transporte Ativo), Thiago Gomes (Pedal2) e Robson Combat (Projeto Bike Anjo). Quem não puder comparecer, o debate será gravado e transmitido pela TV Câmara, veiculado no Canal 12 da NET.


Postado em 12 de setembro por Eu Vou de Bike

Tags:, , , ,

Ônibus grátis para quem deixar o carro em casa

O motorista do Rio de Janeiro que resolver deixar o carro em casa no Dia Mundial Sem Carro, que acontece no dia 22 de setembro, vai ganhar um incentivo da Fetranspor para fazer seu trajeto de ônibus gratuitamente.

Cinco mil motoristas que cadastrarem o Renavam do seu veículo no site da Fetranspor entre os dias 9 e 14 de setembro vão receber em casa um RioCard com R$ 10 em passagens para usar nos ônibus. Veja abaixo o cartão que será distribuído:

O ‘Dia Mundial Sem Carro‘ surgiu na França em 1997. Seu objetivo é conscientizar os cidadãos para os prejuízos do uso excessivo do transporte individual motorizado em detrimento de outros meios que promovem a sustentabilidade, como o transporte coletivo e a bicicleta.

http://www.estacaogloria.com.br/diasemcarro/


Postado em 2 de agosto por Flavio

Tags:, , , , ,

Houston é destaque na novela Rebelde

Empresa piauiense investe no folhetim da TV Record em passeio ciclístico no Rio de Janeiro

A Houston, empresa piauiense que mais investe em inovação e possui a maior fábrica de bicicletas da Américas, dá continuidade às ações de mershandising na novela Rebelde, folhetim adolescente da Record. As cenas do passeio ciclístico que foram gravadas na semana passada no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro, irão ao ar amanhã, dia 2.

Uma super produção foi montada no local e todo o elenco que estava presente pôde conferir um show de bike trial promovido pela Houston, que também entrará no capítulo da novela de amanhã. Além disso, a locação do Colégio Elite Way, onde se passa a história, também serviu de cenário para a largada e chegada do passeio.

 



Próxima